9 de fevereiro de 2012

Salário da PM da BA é maior do que RJ e SP


Estado enfrenta um dos maiores índices de violência do país


Os policiais militares que estão em greve na Bahia desde a última terça-feira ainda não entraram em acordo com o governo do estado e a paralisação segue por tempo indeterminado.

Dentre as reivindicações dos grevistas, estão o reajuste salarial, melhores condições e regulamentação da gratificação policial. Atualmente, a corporação é um dos estados com maior salário dentre os pesquisados pelo Portal da Band, ficando à frente do Rio de Janeiro e São Paulo. 

Apesar disso, os profissionais enfrentam um alto índice de violência. Segundo o Mapa de Violência do Instituto Sangari, a Bahia ocupa a sétima posição em relação aos estados com maiores índices de homicídio. A taxa em 2010 foi de 37,7 para cada 100 mil habitantes.

Atualmente, o salário base dos policiais militares da Bahia é de R$ 2.173,87, com a carga horária de 40 horas semanais, segundo informações da assessoria de imprensa da corporação. O governo da Bahia ofereceu, na noite de domingo, um reajuste de 6,5% para os policiais militares. No entanto, a proposta não foi aceita.

Além do reajuste de salário, os policiais militares reivindicam a aprovação do plano de carreira, regulamentação da gratificação de atividade policial, melhores condições de trabalho, além de anistia para os grevistas. 

Carnaval

A paralisação preocupa comerciantes e turistas, e gera dúvidas em relação ao Carnaval de Salvador, uma das maiores festas populares do país. Em entrevista coletiva à imprensa no final da manhã desta segunda-feira, o Comandante Geral da Polícia Militar da Bahia, Coronel Alfredo Castro, disse que o aumento da violência registrado nos últimos dias na capital e região metropolitana condizem com o deslocamento da mancha criminal e que a festa irá acontecer.

Outros estados

Além da crise na Bahia, bombeiros, policiais civis e militares ameaçam entrar em greve geral na sexta-feira no Rio de Janeiro, a uma semana do início do Carnaval. As categorias não concordam com a proposta de reajuste que está sendo discutida na Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro). O salário dos policiais militares no Rio é de  R$ 1.669, o quarto mais baixo entre os pesquisados pelo Portal da Band.

Veja abaixo os valores dos salários base dos policiais militares de alguns estados. Os dados foram pesquisados entre os dias 7 e 8 de fevereiro. 


Salário base dos Policiais Militares do Mato Grosso:
Soldado – inicial: R$ 1.236,96
Fonte: Assessoria de Comunicação da Polícia Militar do MT

Salários dos Policiais Militares do Rio Grande do Sul:
Soldado: R$ R$ 1.375
Fonte: Abamaf BM (Entidade Representativa dos Servidores de Nível Médio da Brigada Militar do Rio Grande do Sul)

Salários dos Policiais Militares de São Paulo:
Aspirante a PM: R$ 1.421,11
1º Tenente PM: R$ 2.221,40
2º Tenente PM: R$ 1.544,46
Fonte: Assessoria de Comunicação da Polícia Militar de SP

Salários dos PMs do Rio de Janeiro:
Base: R$ 1.669
Com gratificações: R$ 2.019
PMs das UPPs: R$ 2.169
Fonte: Assessoria de Comunicação da Polícia Militar do RJ

Salário dos Policiais Militares do Rio Grande do Norte: 
Salário base dos soldados da PM: R$ 1.970,00 (aproximado)
Em julho, com reajuste, será a partir de R$ 2,2 mil, variando de acordo com o tempo de serviço 
Fonte: Assessoria de Imprensa do RN

Salários dos PMs de Minas Gerais:
Soldado primeira classe: R$ 2.041,73
Soldado segunda classe: R$ 1.746,81
Fonte: Aspra-BM (Associação dos Praças e Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais)

Salário dos Policiais Militares da Bahia:
Soldado: R$ 2.173,87, com a carga horária de 40 horas semanais
Fonte: Assessoria de Imprensa da Polícia Militar

Salário dos Policiais Militares do Espírito Santo:
Soldado: R$ 2.421,76 
Fonte: Assessoria de Imprensa da Policia Militar do Espírito Santo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário